Powermac Brasil Duathlon

    Marcus Fernandes e Ariane Monticeli vencem edição história de 25 anos do Triathlon Internacional de Santos

    Em 21 fev 2016

      Aconteceu neste domingo, 21 de fevereiro de 2016, a edição número 25 do Triathlon Internacional de Santos, uma das provas mais tradicionais do esporte na América Latina. No masculino, Marcus Fernandes conquistou seu terceiro título consecutivo, liderando de ponta a ponta. Já no feminino, Ariane Monticeli superou Luísa Duarte com uma combinação forte de ciclismo e corrida, tirando a desvantagem da natação.

      ©Wagner Araújo

      ©Wagner Araújo

      Como não acontecia há alguns anos, o Triathlon Internacional de Santos aconteceu sem chuva, em uma manhã nublada e quente na cidade litorânea. A edição contou com poucos atletas da elite, sendo apenas 5 mulheres e 18 homens. Entre os amadores, pouco mais de 650 atletas enfrentaram os 1.500m de natação, 40km de ciclismo e mais 10km de corrida.

      A prova masculina

      Entre os homens, Marcus Fernandes ditou o ritmo durante toda a disputa. Como esperado, ele comandou a disputa nos 1.500m de natação, deixando um grupo com diversos atletas 30 segundos atrás. No pedal, o líder deixou o martelo cair e cravou 00:53:06, média de 45,5km/h.

      Com os pés no chão, Marquinhos não aliviou e seguiu correndo forte. Sem ser ameaçado em momento algum, ele ainda teve tempo para carregar seus dois filhos pela linha de chegada. Marcus cravou 32’39” nos 10km para vencer com 1:47:53.

      ©Wagner Araújo

      ©Wagner Araújo

      A disputa pelos demais lugares do pódio foi acirrada. Após um pedal forte, o pentacampeão da prova Reinaldo Colucci saiu para correr na perseguição de Marcus. Atrás dele vinham Diogo Sclebin, Guilherme Manocchio, Guto Sorbo, Manoel Messias, Antônio Manssur e Fabio Carvalho. O jovem Messias logo saltou na frente e, pouco a pouco se aproximava de Colucci. A 400m da chegada, Colucci não conseguiu segurar o companheiro de equipe Sesi, que fechou a prova em segundo lugar com a melhor corrida do dia, 31’27”, pace de 3’09”/km. Após Colucci, Sclebin foi o quarto a cruzar a linha, com uma corrida forte nos 5km finais. Guilherme Manocchio completou o top 5. Flávio Queiroga foi o sexto, seguido de Guto Sorbo, Edivânio Monteiro, José Belarmino e Antônio Mansur.

      Leia também:  Igor Amorelli anuncia que competirá no Ironman Florianópolis, apenas 2 meses após o acidente

      A prova feminina

      A jovem Luísa Duarte foi a primeira a fechar a natação e subir na bike, cerca de dois minutos à frente de Fernanda Garcia e Luma Guillen. Ariane Monticeli e a colombiana Fiorella D’Cruz iniciaram o pedal mais de 4 minutos depois da jovem líder.

      No ciclismo, Ariane deixou o martelo cair e, pouco a pouco, se aproximava de Luísa. Com o melhor pedal do dia, 1:02:23 (média de 38,5km/h), ela chegou à T2 pouco atrás de Luísa. Após calçar o tênis, Ariane saiu para marcar 36’12” nos 10km, ultrapassando Luísa e vencendo com 2:06:33. Luísa veio três minutos depois, na 2ª colocação, seguida de Fernanda Garcia, Luma Guillen e Fiorella D’Croz.

      ©Wagner Araújo

      ©Wagner Araújo

      Amadores

      Os destaques amadores no geral ficaram com Nicholas Cruz, da 20-24, que marcou 1:57:07; e Rosecler Costa, a ironmãe da 35-39, com 2:12:27. Ainda hoje a galeria de imagens da prova em nossa fanpage no Facebook.com/mundotri

      > Resultados completos

       

       

       

      Siga-nos ns redes sociais:
      Facebooktwitterrssyoutubeinstagram
      Compartilhe este artigo:
      Facebooktwitterredditpinterestmail

      Comentários

      comentários

        Xterra Brasil